BLOG NOVO: CONTOS DO ICAL

segunda-feira, 15 de abril de 2013

CONVERSANDO NOVAMENTE COM DEUS! - Dinah Ribeiro de Amorim




CONVERSANDO NOVAMENTE COM DEUS!
Dinah Ribeiro de Amorim

  “Pai nosso que estais nos céus”, nesse céu maravilhoso que contemplo sentada em minha sala, admirando um lindo pôr do sol! Um céu cheio de cores: dourado, cinza, rosa, azul claro e escuro, vermelho forte ao se despedir  o dia, dia que criastes, e chegar a noite.

“Bendito seja o Vosso nome”,   o nome que usais em qualquer canto deste universo, por aquele que o louva, bendiz e agradece! Minh’alma se engrandece quando o louvamos Senhor!

“Venha a nós o Vosso reino!” Esse reino perfeito que nos prometestes através das palavras do Vosso santo filho Jesus: “iria, mas guardaria lugar junto a Vós, Senhor!”

“Seja feita a Vossa vontade assim na terra como no céu!” Que os homens sigam os Vossos ensinamentos, colocando no coração um pouco de Jesus, Senhor, desejando união, paz, prosperidade, amor ao próximo, ao invés das notícias ruins que cada vez ouvimos mais nesta terra que criastes. Afasta de nós toda violência, toda ameaça de uma 3ª guerra mundial, dais-nos a vossa paz!

“O pão nosso de cada dia, dai-nos hoje, Senhor!” Auxilia-nos a dividir melhor o pão, matar a sede e a fome dos países pobres, acabar a ganância e a corrupção entre os homens, a ser solidário com quem sofre dores, acidentes, catástrofes, maldições. Difícil viver sem teto, sem pão, sem chão!

“Perdoai as nossas ofensas!” Os erros que cometemos, as nossas fraquezas. Somos seres imperfeitos diante de vossa magnitude, compadecei-Vos de nós, auxiliai-nos, perdoai-nos! Dais-nos entendimento e compreensão diante das angústias e problemas deste mundo; a Vossa sabedoria e a Vossa técnica; revelais-vos mais a nós, principalmente àqueles que não têm fé. Dais-nos a prova de Vossa existência como destes várias vezes em que precisei de vosso auxílio!

“Assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido!” Que difícil, Pai, perdoar inimigos! Esquecer mágoas e ofensas sofridas, tratar todos como irmãos, se nos causaram algum mal! Aproximais de nós, abrandais nossos corações, limpais-nos de toda dor, raiva, ódio, vingança, dais-nos a vossa paz, a Vossa alegria, o Vosso perdão para que consigamos perdoar quem nos tenha atingido.

“Não nos deixeis  cair em tentação”! ”Livrai-nos do mal!  Amém” Que os ambientes e as conversas maliciosas sejam de nós afastadas; momentos perigosos e tentações que o mundo oferece! Não nos causam prazer, mas insatisfações, vícios, doenças, maldições e mortes. Calais em nós a palavra ferina, as ocasiões de mal, a malignidade existente nos ares, esperando para matar, roubar e destruir. Perdoais erros e injustiças cometidas, limpai nossos corações, feridas d’alma, para chegarmos a Vós. Que meus dias sejam o Vosso dias e meus  caminhos o Vosso caminho!

“Amém.”

Nenhum comentário: