BLOG NOVO: CONTOS DO ICAL

domingo, 14 de abril de 2013

VELHA AMIZADE - Carmen Lucia Raso - (ORAÇÃO)


 


VELHA AMIZADE
Carmen Lucia Raso
(ORAÇÃO)

Olhava para o 1º raio de sol e agradecia a Deus por enxergar.

Ouvia o pio dos passarinhos e agradecia à natureza por este presente, pois podia ouvir.

Regava seu lindo e simples jardim e agradecia ao Criador por merecer tão lindo tesouro.

Caminhava até seu cãozinho dando-lhe a sobra do mirrado jantar. O cão abanava-lhe o rabinho, pulava fazendo festa e a mulher agradecia aos céus por ter um amigo fiel.

Era dia e aquela velha senhora sorria.

Pegou uma sacola com um pequeno pedaço de sabão, toalha rota, quase rasgada e mais um pedaço de pão. Se pôs a caminhar até que chegou a uma casa vizinha a alguns quilômetros dali.

Maria entrou e não pediu licença, foi direto aquele quarto onde um corpo mais velho que o seu esperava contente. Abriu a janela deixando o sol entrar. Pôs bastante água no fogão a lenha pra esquentar.

Coou um bule de café, esquentou o leite que trouxera de sua vaquinha Mimosa.

Encheu a bacia com água temperada e banhou o corpo de sua velha amiga e vizinha.

Trocou a mulher e a roupa de cama. As duas se puseram a rir lembrando-se das peraltices de criança enquanto tomavam café com leite e pão. O  amor que sentiam uma pela outra se espalhava pelo ar.

Com dificuldade a amiga se cobriu com o pano que lhe servia de lençol e a velha coberta, pegou na mão de Maria fazendo a Deus uma prece de agradecimento por tudo o que já vivera e da amizade que Ele lhes concedera.

Fechou os olhos de mansinho e sorriu um derradeiro sorriso e se foi para sempre.

Maria a abraçou e disse adeus olhando para os céus através da pequena janela da casa e para dentro de si agradecendo por poder ajudar.


Nenhum comentário: